PREFEITURA FAZ CONTRUÇÃO DE CASA ABANDONADA PELO SUB 50 DO GOVERNO FEDERAL

Publicado em: Quinta-Feira, 05 de Julho de 2018
Fonte: ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO

O município de Santa Cecília do Pavão entregou nesta terça-feira (03) a nova residência do casal Wandiel e Ismaldete, que em 2014 tiveram sua antiga casa desmanchada pela construtora Marma e Banco Cobansa pelo Programa do Governo Federal - “Minha Casa, Minha Vida – Sub50”, voltada para famílias com renda de até R$ 1,6 mil em cidades de até 50 mil habitantes

O prefeito Edimar Santos, vice-prefeito Paulo Vietze e vereadores sensibilizados com as famílias que foram enganadas pelo programa, algumas deixaram suas casas pagando aluguel ou morando de favor com parentes, causando enorme prejuízo social, familiar e financeiro. Com isso, as autoridades solicitaram providências ao CRAS, Secretaria de Ações Públicas e Departamento de Obras para evitar a deterioração dos materiais e os serviços executados, bem como, a retomada das obras abandonadas pela construtora.

A prefeitura de Santa Cecília do Pavão fez inúmeras tentativas com o banco Cobansa, solicitando apenas o fornecimento de todo o material necessário para a conclusão das casas e a prefeitura responsável pela mão-de-obra, porém esta proposta não teve manifestação pelo banco.

Foi realizada pela equipe técnica das secretarias, avaliação da situação das casas e o levantamento social, para que todas as famílias sejam atendidas cronologicamente com a conclusão das casas mediante recursos próprios do município. Mais uma nova família do programa paralisado, terá iniciada a sua casa!

Na entrega da casa, estiveram presentes a Primeira-dama Leizinha Gavioli, João Mendonça e equipe do Departamento de Obras, Valdirene Nicoletti e equipe do CRAS e Assistência Social, Secretários municipais, Edvard Santana, Presidente da Associação de Moradores do Bairro da Fraternidade e imprensa local e regional.

“Com certeza estamos realizando um sonho, Nós entramos na casa e ficamos impressionados, é espaçosa, tudo novo. Somos muitos agradecidos às autoridades que brigaram para conseguir essas moradias para nós”, afirmou a beneficiária Ismaldete.

Por motivo de agenda em Curitiba, o prefeito Edimar Santos não esteve presente, mas enalteceu e agradeceu a união de esforços e parceira do executivo, legislativo e equipe administrativa para resolver o problema das nossas famílias. “Em 2014, prometeram o sonho de casa nova e entregaram pesadelo”, comentou o prefeito

Galeria de fotos


PREFEITURA FAZ CONTRUÇÃO DE CASA ABANDONADA PELO SUB 50 DO GOVERNO FEDERAL
PREFEITURA FAZ CONTRUÇÃO DE CASA ABANDONADA PELO SUB 50 DO GOVERNO FEDERAL
PREFEITURA FAZ CONTRUÇÃO DE CASA ABANDONADA PELO SUB 50 DO GOVERNO FEDERAL